Caso não consiga criar sua conta, procure algum dos sysops no Discord (ao lado).

Mountain of Faith

Da wiki Touhou Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
東方風神録

Mountain of Faith

Mountain of Faith
Criador Team Shanghai Alice
Distribuidor Team Shanghai Alice
Lançado em Agosto de 2007
Gênero Jogo de tiro vertical estilo Danmaku
Modos de jogo Um jogador, modo estória
Plataformas Windows 2000/XP
Requisitos mínimos de sistema Pentium 1GHz, 413MB hard disk, Direct3D, DirectX 9, 32MB VRAM, DirectSound, 128MB RAM

東方風神録 ~ Mountain of Faith (romanizado: Touhou Fuujinroku, significando Crónicas do Deus do Vento do Leste) é o décimo jogo oficial da série Touhou.

Como todos os santuários xintoístas, o decrépito Santuário Hakurei foi originalmente criado para alojar e idolatrar um deus. No entanto, como youkais vagueiam as proximidades do santuário, os humanos pararam de visitá-lo, o que fez a fé no deus do santuário entrar em decadência, diminuindo sua força e sua influência. Reimu Hakurei e Marisa Kirisame iniciam suas jornadas para escalar a misteriosa Montanha Youkai na esperança de encontrar uma solução para esse problema.

Jogabilidade

Mountain of Faith disponibiliza dois personagens jogáveis, cada um com três tipos de armas diferentes (mas todas utilizam o mesmo Spell Card como bomba). Coletar itens de poder resulta no acréscimo de "satélites" em volta do personagem (até um máximo de quatro), que se comportam de maneira diferente dependendo do personagem e do tipo de arma. Os satélites de cada personagem atiram balas, e podem mudar de posição ou travar em um local no modo focado.

O sistema de pontuação é baseado no valor de Fé, que tem um medidor recarregável e um valor numérico (mínimo 50,000). Enquanto o medidor não estiver vazio, a Fé do jogador não diminuirá, mas o medidor se esvazia a menos que o jogador esteja derrotando inimigos ou coletando itens. Itens de pontos recarregam o medidor, e os itens de Fé aumentam seu valor máximo. O valor de Fé afeta diretamente o valor dos itens de pontos e os bônus dos Spell Cards.

Durante os estágios há sem dúvidas uma grande oferta de recursos aos jogadores, os possibilitando de obter mais "Poder", útil para utilizar bombas, vidas extras ou mais pontuação (Score). Em Mountain of Faith a pontuação é essencial para uma maior oferta de vidas, onde pode-se obter uma vida extra ao alcançar a pontuação de 20.000.000, 40.000.000, 80.000.000 e 150.000.000.

Ao todo pode-se obter até seis vidas no início normal (Normal start), quatro com a pontuação e duas respectivamente ao derrotar a Nitori no meio do estágio (Midboss) e a Sanae, também no meio do estágio. No estágio Extra essa obtenção de vidas cai para três, duas por pontuação (30.000.000 e 100.000.000) e uma pela Kanako no meio do estágio.

Para usar bombas, é exatamente igual a vários outros Touhous, basta apertar X, entretanto ao usar uma bomba gasta-se 1.00 de poder, reduzindo em 1 seus "satélites" e, por extensão, afetando seu dano contra monstros (fadas) ou chefes. Todas as bombas são lançadas como um "círculo" de energia que distribui uma certa quantia de dano aos inimigos a cada milissegundo, funcionando também contra chefes e te deixando invencível por aproximadamente três segundos após o círculo ter se desfeito.

História

O outono chegou a Gensokyo e a seu único santuário, o Santuário Hakurei, um local de encontro comum para youkais mas que raramente é visitado por humanos. Como resultado, a fé no deus do Santuário Hakurei começou a cair como as folhas das árvores. É nessa estação que Reimu Hakurei, a miko do Santuário Hakurei, recebe a visita de um estranho misterioso que diz ser representante de um deus das montanhas que ordena-a a fechar as portas do santuário para sempre. Reimu fica profundamente preocupada com isso, já que ela sabe que o santuário não pode ser fechado devido a seu papel em vigiar a Grande Fronteira Hakurei. Marisa Kirisame, a maga ordinária amiga de Reimu, tem suas suspeitas em relação à situação e está entediada. Dependendo de quem o jogador escolher, uma dessas garotas decidirá subir a Montanha Youkai para confrontar o deus misterioso por trás das ameaças.

No caminho para a montanha, a heroína encontra vários dos deuses de Gensokyo, incluindo dois espíritos do outono, Shizuha Aki e Minoriko Aki, e um deus da maldição, Hina Kagiyama, que tentam afastá-la dos perigos da montanha (sem sucesso). Quando nossa heroína chega ao pé da montanha e começa a escalá-la, outro youkai aparece para tentar convencê-la a ir embora - Nitori Kawashiro, a kappa do vale. Depois da tentativa igualmente mau-sucedida de Nitori, ela menciona que um deus recentemente apareceu na montanha, causando problemas para os tengus e kappas que ali vivem.

Subindo a cachoeira que alimenta o rio no qual Nitori nadava, a heroína enfrenta as forças que protegem a montanha contra influências externas, incluindo Momiji Inubashiri e a tradicional repórter tengu, Aya Shameimaru, que foi enviada pelos líderes da sociedade tengu para investigar devido a sua familiaridade com estrangeiros. Aya oferece certa resistência, mas logo permite que a intrusa humana prossiga para o lago onde um novo santuário, o Santuário Moriya, apareceu. Quando entra no terreno do santuário, a heroína é confrontada por uma nova miko - Sanae Kochiya. Sanae diz que o lago e o Santuário Moriya doram recentemente trazidos a Gensokyo, e que ela pretende coletar toda a fé da região para "Yasaka-sama". Naturalmente, isso seria o fim do Santuário Hakurei, o que leva a uma batalha que termina com a derrota de Sanae. No topo da montanha, nossa heroína encontra um lago cercado de pilares, e Kanako Yasaka. Kanako, deusa do vento e da chuva, busca obter toda a fé de Gensokyo para evitar que o declínio da fé na região chegue ao ponto que fará os deuses perderem seus poderes. Segundo ela, se isso acontecesse, Gensokyo entraria num estado de caos. Após uma longa batalha, no entanto, Kanako é convencida a fazer as pazes com tengus e kappas, que são convencidos a aceitá-la como deusa da Montanha Youkai.

Com a questão resolvida, Reimu retoma sua vida normal de limpeza e deixar correr o tempo com os youkais de Gensokyo, e Marisa decide voltar secretamente à montanha atrás de castanhas. Enquanto rouba frutos de uma castanheira monstruosa, Marisa aparentemente ouve o rumor de que existe outro deus no Santuário Moriya. Isso, e o fato de Kanako ter se alojado no lago, e não no santuário, faz com que as duas voltem à montanha. Kanako tenta mandá-las embora, mas elas logo chegam ao santuário e descobrem Suwako Moriya, a verdadeira deusa do santuário. A deusa diz a elas que Kanako a derrotou em batalha muito tempo atrás, portanto ganhando o direito de usar o santuário como seu, mas ele geralmente é deixado como domínio de Suwako - embora a decisão de mudar o santuário para Gensokyo tenha vinda de Kanako. Enquanto se preparam para ir embora, Suwako exige que as heroínas brinquem com ela, da mesma forma como brincaram com Sanae e Kanako - com belas rajadas de danmaku.

Informações Adicionais